SENAR/AP Cultivando o Conhecimento

Produtores de grãos do noroeste paulista farão debate sobre profissionalização

Produtores de grãos do noroeste paulista farão debate sobre profissionalização

Cultivo de soja tem crescido no Estado de São Paulo (Foto: Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Na quinta-feira (5/7), acontecerá em Paranapuã (SP) o 1º Encontro de Produtores de Grãos do Noroeste Paulista (Epogrãos-NP). A iniciativa é de um grupo de produtores da região, apoiados pela Associação dos Produtores de Soja de São Paulo (Aprosoja-SP) e também por empresas parceiras. Segundo os organizadores, o objetivo do encontro é a troca de conhecimentos e experiências entre os produtores.

"Temos visto um aumento considerável da produção de grãos na região, mas muitos produzem de modo empírico, aprendendo com o vizinho. Queremos profissionalizar o produtor. Este evento é para isso", destacou, em nota divulgada à imprensa, Edivaldo Jesus Manttuy, produtor em Paranapuã.

Entre os temas das palestras e debates, estarão o aumento da produtividade, o combate à pragas e a qualidade do plantio. Estão programadas, também, visitas a campo para experimentos com máquinas e tecnologias voltadas à produção de grãos.

O encontro terá a participação do presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz Pereira, do ex-presidente da entidade, Marcos da Rosa, e do presidente da Aprosoja-SP, Gustavo Chavaglia, que vão falar sobre o papel da associação no apoio aos produtores de soja em nível nacional.

Noroeste em expansão

De acordo com Edivaldo Manttuy, as chuvas regulares, os solos férteis e a alta produtividade aliados à boa logística estão fazendo muito produtores do noroeste paulista optarem pelo plantio de soja como cultura de rotação com a cana, que ainda predomina.

O regime de chuvas da região é uma das razões da diversificação da produção, pois as precipitações anuais variam de 1600 a 1800 milímetros. A produtividade média de soja é de 60 sacas por hectare, com picos de 72 a 75 sacas/ha em alguns casos, segundo a Aprosoja.

"Há muitas áreas de pastagens degradadas que aos poucos vão sendo ocupadas por soja. A dificuldade encontrada atualmente é conseguir área para o plantio. A safra 2018/2019 deve ter aumento de 20% na área plantada com soja, que ocupa cerca de seis mil hectares", afirma Edivaldo.

O 1º Encontro de Produtores de Grãos do Noroeste Paulista ocorrerá no Sítio Santa Maria, que tem acesso pela rodovia Odilon Nogueira, km 10, que liga Mesópolis a Paranapuã. Para mais informações, confira o site da Aprosoja.

Fonte: Revista Globo Rural

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados